sexta-feira, março 2

Um poema em formato de crónica

E se, de repente, alguém me oferece... uma publicação importante.... isso É...

... um sopro de ar puro e fresco, que me eleva pelos ares e me faz voar como uma pequena pluma caída de umas frágeis asas.


Um poema é essa recensão que ele escreveu em formato de crónica, roubando-me as palavras todas e deixando-me sem elas para lhe agradecer como deveria.

É muito gratificante ficar a saber que sentem prazer ao ler o que escrevemos e, ainda mais, ao escreverem sobre isso. 

Roubo-lhe agora eu as próprias palavras, que um dia ousou dizer: "Quem me lê, alimenta-me." Bem-hajas, António!

23 comentários:



  1. É tão bom sabermos que somos alimento para quem nos lê e que quem nos lê nos alimenta.

    Venho aqui alimentar-me de palavras

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns querida amiga.
    Bom fim de semana
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. *
    desconhecia !
    envias á cobrança ?
    ,
    amigáveis conchinhas,
    ficam.
    *

    ResponderEliminar
  4. Querida Fa!
    Você merece todo esse carinho, és uma mestra das belas letras.
    Beijos, amiga!!!

    ResponderEliminar
  5. Muitos, muitos parabéns, amiga!!!

    Beijos!
    Jorge Vicente

    ResponderEliminar
  6. De versos se faz a vida e em versos se canta a vida sempre. Seja o amor, seja a mulher amada, seja a amizade, ou qualquer outro sentimento que o poeta cante, ele está a cantar a vida, pois vida é sentimento, é emoção, é o ser humano também. Felizes daqueles que conseguem ver poesia em tudo e em todos os que eles encontrem nesta estrada que é a vida.
    É só enxergar com os olhos do coração que veremos poesia em tudo quanto é lado. Fiquei muito feliz por ti, amiga. Sucesso! Um beijinho e parabéns!
    Emília

    ResponderEliminar
  7. Alimentar a alma do leitor, essa é uma das funções do escritor.
    Beijinhos, Fa!!!

    ResponderEliminar
  8. Deixo-te os meus parabéns e sinceros votos de um enorme exito que sei terás.

    És mesmo um acorde (não menor) mas maior deslizando numa melodia.

    Gosto muito do que escreves

    Uma boa semana

    Bjgrande do Lago e obrigada pela constante presença

    ResponderEliminar
  9. .

    .

    . que lhe sejamos o alimento de cada dia . na leitura ávida da Sua escrita .

    .

    .

    . [. gratíssimo pela presença . na minha página de aniversário .] .

    .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  10. *
    e adendo,
    o teu livro
    é,
    um Alado Diário !
    ,
    um mar de conchinhas,
    deixo,
    *

    ResponderEliminar
  11. Os meus parabéns pelo teu livro que pelo que vejo foi um sucesso.
    Realmente ler é uma necessidade, às vezes, quase física...e quando a leitura nos toca e nos conforta, então a necessidade vira um prazer.

    Gostei de te conhecer.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. É verdade, se gostam do que escrevemos, provavelmente gostarão de nós. Meu beijo.

    ResponderEliminar


  13. venho deixar um beijinho




    Acácias...

    Muitas Acácias ao meu redor
    Rubras e lindas
    Lembram-me o meu sonho
    De querer voltar
    De querer agarrar a vida e o amor

    E estas Acácias vermelhas e floridas
    Que o cacimbo da noite africana
    Com foça ou com leveza as abraçava
    E as beijava suavemente

    Sem nunca pedirem licença
    Iam sorrindo para mim
    Sorrindo sempre
    Sorrindo com meiguice

    E eu ao fechar os olhos
    Vejo-vos, Acácias lindas
    Flores da minha recordação
    E da minha juventude
    Aqui neste cantinho...


    Presto-vos a minha
    Singela homenagem!...

    ResponderEliminar
  14. Éxitos en tus metas.
    Saludos
    David

    ResponderEliminar
  15. Obrigada amiga, pra ti tb.
    Sucesso.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  16. Querida, Amiga

    É crónico que, quem escreve, acaba por ser apodado das mais diversas formas de juizo.
    Dependendo de quem as faz, para nós, o que mais interessa são as associações de valores, das integrações pesoais, das possíveis assimilações dos sentimentos descritos.
    Assuim, apenas sobram os Parab+ens.

    Nesta altura, desejo deixar-te um forte abraço e os desejos de um Ano Novo pleno das Felicidades que sempre nos desejamos.


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  17. Votos de mais e mais sicessos...sei que sim
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  18. .

    .

    . e digo e re.digo . mais uma vez . há tanto que cresço aqui .

    . :))) .

    . e em todos os cantos Seus .

    .

    . outro . beijo meu .

    .

    . bom fim de semana .

    .

    .

    ResponderEliminar
  19. Fá... e vou pedir o livro, já está na minha lista de compras...

    Um grande beijo.

    ResponderEliminar
  20. Muito grata, Menina Marota :)

    beijinhO

    ResponderEliminar
  21. Excelente...
    Beijo Lisette

    ResponderEliminar
  22. Por vezes perco-me por aqui a ler postagens...

    Beijinhos e um bom Domingo, Fá.

    ResponderEliminar
  23. Deve ser muito gratificante. Parabéns!

    beijinho

    ResponderEliminar

«Em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos.»
(Antoine de Saint-Exupéry)