O meu Voo

quarta-feira

Para além da curva da estrada


"Para além da curva da estrada
 Talvez haja um poço, e talvez um castelo,
 E talvez apenas a continuação da estrada.
 Não sei nem pergunto.
 Enquanto vou na estrada antes da curva
 Só olho para a estrada antes da curva,
 Porque não posso ver senão a estrada antes da curva.
 De nada me serviria estar olhando para outro lado
 E para aquilo que não vejo.
 Importemo-nos apenas com o lugar onde estamos.
 Há beleza bastante em estar aqui e não noutra parte qualquer.
 Se há alguém para além da curva da estrada,
 Esses que se preocupem com o que há para além da curva da estrada.
 Essa é que é a estrada para eles.
 Se nós tivermos que chegar lá, quando lá chegarmos saberemos. 
Por ora só sabemos que lá não estamos.
 Aqui há só a estrada antes da curva, e antes da curva
 Há a estrada sem curva nenhuma."

 Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"

11 Comments:

Emília Pinto e Hermínia Lopes said...

Temos que seguir a estrada, apesar das curvas.apesar dos cruzamentos...apesar das pedras e não adianta pensarmos que depois da curva talvez encontremos um precipício. O melhor é concentrar a nossa atenção nos passos que estamos a dar neste pedaço de caminho; caminhar com passos seguros e com calma para não tropeçarmos; o que virá na frente depois se verá.
Tem razão o nosso grande poeta; o aqui e o agora é o que importa; o resto? Não sei se virá???
Beijinhos, amiga e até sempre! Um bom fim de semana
Emília

Fê blue bird said...

Fernando Pessoa sabia e sentia o que escrevia.

Beijinho

O Árabe said...

Muito bom, Fa! Excelente escolha, boa semana!

helia said...

Um excelente texto ! Fernando Pessoa é sempre uma excelente escolha !

SOL da Esteva said...

Submisso a Pessoa (um dos meus mentores) replico-o na certeza que é a melhor definição:"[...] Importemo-nos apenas com o lugar onde estamos.[...]".
Para além da curva, é como desejar adivinhar o futuro.
Magnífico.



Beijos


SOL

Daniel C.da Silva (Lobinho) said...

Embora já conhecesse, é sempre bom reter aquilo que é importante: o AGORA!

bjo amigo

luís rodrigues coelho Coelho said...

Boa noite
Alberto Caeiro nas curvas da estrada
A nossa vida mostra-nos a continuação da estrada. As curvas apenas servem para seguirmos com prudência.

GarçaReal said...


Gostei imenso

Afinal para lá da curva da estrada já é o futuro que viveremos a seu tempo.

Realmente só interessa o momento anterior à chegada à curva que é a vivência do momento.

Bom domingo

Bjgrande do lago

ONG ALERTA said...

Cada estrada leva a um lugar,...escolhas.
Feliz Páscoa beijo Lisette.

Vanuza Pantaleão said...

Fernando Pessoa que tantas "pessoas" tinha dentro de si, dizem que chegava a cem. Mas todas convergiam para essa curva da estrada. A estrada do humanismo e da Poesia verdadeira, pura, sem preconceitos. Amo e sempre amarei Pessoa!
Beijinhos, Fa!

ॐ Shirley ॐ said...

Se trilharmos com retidão a nossa estrada da vida, certamente encontraremos a paz depois da curva...
beijos!!!